03 de Fevereiro, 2021

Abrint questiona duplicidades em lista das cidades que receberão fibra no Edital do 5G

Abrint questiona duplicidades em lista das cidades que receberão fibra no Edital do 5G

A Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) entende que a nova proposta do leilão do 5G é um avanço, mas alerta para o uso de lista desatualizada de cidades que já são atendidas por fibra, o que poderá resultar em duplicação de investimentos.

Cristiane Sanches, membro do conselho de administração da entidade aponta que a proposta, a fim de garantir a igualdade de todos os vencedores do leilão para expandirem seus negócios “a partir de um conjunto suficiente de 80 ou até 100 MHz” preconiza “o não patrocínio de investimentos já feitos em redes privadas pelas grandes operadoras”.

A Abrint está analisando a lista desenvolvida pelo Ministério das Comunicações das cidades que devem receber redes de fibra ótica implementadas pelas empresas vencedoras do 5G. A entidade está ajudando a atualizar a referida lista e já encontrou inconsistências, como a listagem de cidades que possuem fibra ótica operando há mais de 5 anos

Para Sanchez, este é um problema a ser resolvido porque uma única cidade errada já implicaria em um investimento duplicado e desnecessário, incompatível com a lógica da competição no Brasil.

Sobre a divisão de lotes, Cristiane crê que a mesma está adequada às demandas das prestadoras de pequeno porte (PPPs), especialmente no que tange ao compartilhamento das faixas que não foram usadas em dois anos após a liberação para as operadoras. Para ela, haverá oportunidades para toda a cadeia, uma vez que a necessidade de capilarização das redes e a necessidade de fibra óptica asseguram a participação das PPS, mesmo não detentoras de uma parte do espectro.

Leonardo de Morais, presidente da Anatel pediu vista da proposta do Edital, a qual já tem três dos cinco votos a favor e foi debatida no dia 01 de fevereiro. Morais entende ser necessária a inclusão no texto das orientações do governo ao leilão.

O Levantamento da Abrint será encaminhado ao ministério das Comunicações, na pessoa do ministro Fábio Faria.

Fonte: Telesíntese

Imagem: Technology photo created by freepik - www.freepik.com