17 de junho, 2021

Aprovada pelo CADE a compra da Fiberco, da TIM, pela IHS

Aprovada pelo CADE a compra da Fiberco, da TIM, pela IHS

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a compra de 51% da FiberCo pela IHS. A empresa de infraestrutura, que pertencia a TIM, foi vendida por cerca de R$ 1,6 bilhões.

Segundo o órgão, a integração vertical constatada na operação compõe menos de 30%, fazendo com que o ambiente concorrencial não sofra prejuízos. Essas participações valem tanto para a IHS, responsável pelo mercado de serviços de construção, gestão e operação de infraestrutura de telecomunicações, como também, da FiberCo, encarregada pela infraestrutura de fibra óptica de última milha, voltada para serviços de comunicação multimídia.

Como irá funcionar

Com a aquisição de 51%, firmado em 5 de maio de 2021, a IHS manterá o controle da FiberCo após a finalização da transferência, em contrapartida, a TIM mantém 49% do capital sócio da empresa.

A fim de fornecer serviço de infraestrutura de fibra à TIM, baseando-se no suporte já existente, a FiberCo, junto a operadora, firmará o Master Service Agreement (MSA). Além disso, está previsto a criação da Wholesale Services Agreement (WSA). Nesse acordo, a Tim fornecerá sua rede primária, como o fornecimento de capacidade de backbone e backhaul, além de prestar serviços a FiberCo enquanto a migração é executada, denominado Transition Services Agreement (TSA).

Para a TIM, o acordo é importante para seu crescimento no mercado brasileiro de banda larga e fibra óptica, tendo em vista o modelo operacional focado na prestação de serviços de telecom. Já para o IHS, o intuito da operação foi uma oportunidade de crescimento, podendo oferecer uma plataforma suportável de implementação de 5G no Brasil.

Fonte: Telesíntese

Foto: Freepik