05 de Julho, 2021

Usuários de internet por fibra já são mais de 20 milhões no Brasil

Usuários de internet por fibra já são mais de 20 milhões no Brasil

Em maio, o Brasil registrou cerca de 20,4 milhões de clientes que possuem internet banda larga distribuída via fibra óptica, conforme dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Segundo a agência reguladora, o número representa 53% das conexões de internet fixa no país, que tem um total de 37,4 milhões de usuários, passando, assim, a ser a forma de acesso predominante.

Este processo se consolida à medida que a crescente adesão à fibra óptica reflete-se na queda contínua de usuários de outras formas de acesso. Atualmente, a banda larga fixa por cabo coaxial registra 9,4 milhões de acessos, o cabo metálico 5,6 milhões, o rádio 1,7 milhões e o satélite 341,7 mil.

O mercado de banda larga via fibra

Os pequenos provedores brasileiros – também chamados de competitivas – formam a maior parcela de fornecedores, tendo participação de 61,2%. A Vivo mantém o segundo lugar do mercado de fibra (20,8%), seguida pela Oi (15,5%) e Claro (2,5%), respectivamente.

Entre as competitivas, a liderança é da Algar Telecom, que possuí 2,08% do mercado, enquanto a Brisanet, segunda colocada, aparece com 2,07%. Vale ressaltar que a última,  envolvida em seu IPO na B3 acaba de ultrapassar a operadora TIM.

O número de acessos de internet banda larga mantém-se em alta nos últimos anos, entretanto, comparado ao mês abril, em, maio de 2021, foi registrada queda de 1,1% no número de serviços. Por outro lado, no ano, o balanço é positivo, com crescimento de 2,9%, representando 1,1 milhão de aquisições.

Em relação a velocidade de internet, 72% dos acessos à banda larga no país possuem sinais superiores a 34 Mbps.

Acessos no país

O estado de Santa Catarina é quem possuí a maior densidade de acessos no país, tendo 80,55 acessos a cada 100 domicílios. O Distrito Federal ocupa a segunda colocação, tendo índice registrado de 77,41. Em seguida, São Paulo detém 75,88, enquanto o Paraná, 68,55.

Em contrapartida, os estados que possuem menor densidade de acessos a domicílios são o Tocantins (21,10), Alagoas (18,93) e Maranhão (18,65).

Como um todo, a densidade de banda larga fixa no Brasil é de 52,9 acessos a cada 100 domicílios.

Fonte: Prosper Capital, com informações Minha Operadora

Foto: Freepik